domingo, 15 de agosto de 2010

-->


Eu devia mesmo era aceitar, tomar minha dose de orgulho e seguir, como quando não se tem opção. Não é fácil esquecer, fingir que nada aconteceu e simplesmente seguir, você não pode sufocar sentimentos e ignorar os fatos, as coisas aconteceram sim e simplesmente te marcam. Porque se punir por sentir saudades? Por demonstrar? 



Ser humano devia ter menos medo de dar a cara a tapa e se arriscar com toda a verdade que temos e ter fé que estamos no caminho certo. Temos mais medo de como os outros encaram os nossos fracassos, do que como nós mesmos o encaramos. 


"Gosto de pensar assim: se a gente faz o que manda o coração, lá na frente, tudo se explica".
                                                                                                                                        Fernanda Melo

9 comentários:

Mari disse...

Como você tenho medo do que as pessoas acham e pensam sobre mim, esse é o mal do humano não de todos mais de alguns, deveriamos nos preucupar antes com nossa própria opinião, nos preucupar antes com nós mesmos!
Mas é isso se complica as vezes né!
Mas não desista nunca de seguir em frente a vida nos mostra vários caminhos e um deles é o certo!
Beijos

Adauto Neves disse...

Devemos pensar comop Lispector: "Sou mais do que eu."
Não acha?

(Tenho a impressão de que nos conhecemos, não morou em Caraguá ou Ilha Bela?) adautoneves@gmail.com

Bruninha disse...

Belas palavras...

Gostei muitooo do teu cantinhooo!!

Tô add vc, muito fofoo teu blog

bjs

Tania T. disse...

Também acho que o ser humano devia ter menos medo e se arriscar mais... Esse também é o meu problemo, preocupar demais com o que as pessoas pensam de mim ou do meu fracaso...

gostei do post.

bjoO

Erico disse...

Olá,

Se todas as pessoas se preocupassem um pouquinho com que os outros vão pensar, as coisas com certeza seriam bem melhores do que são; hábito de fumar e de beber não existiriam, não é mesmo?
(desculpe, não resisti sem postar este comentário)
Beijos :)

Talita disse...

Olá por alguns motivos estarei deletando meu atual blog, mais já estou construindo outro espaço para postar idéias, pensamentos e imagens.
Gostaria de ter sua presença neste blog tambem:

http://tatapalavrasaovento.blogspot.com/

Beijos com carinho!!

Flor disse...

Eu sempre defendi o "arrisque-se" .
Mas a verdade é que eu ando com um medo danado disso.
Eu quero uma dose de orgulho e uma de paz, não tá fácil não.

Beijo grande, amei o texto ;*

Gabriela Castro disse...

Quando a gente se decepciona fica difícil querer se arriscar de novo. Estou nessa, mas tenho certeza que isso passa.

Ahh, aproveito pra te dizer que meu blog está concorrendo a um prêmio para virar um livro, mas para isso preciso ter bastante votos. Pode votar lá? http://www.blogbooks.com.br/blogs/votando/YmxvZ2Jvb2tzXzkzMA==

beijos

Valdecy Alves disse...

Leia matéria em meu blog de como utilizar a arte para criar uma consciência de preservação do patrimônio histórico material e imaterial. Caso Município de Senador Pompeu, Ceará. Leia, comente e divulgue:http://www.valdecyalves.blogspot.com/