sexta-feira, 26 de novembro de 2010





Minha mania de ser extrema na maioria das vezes me cansa, me faz sentir tudo em dobro, e meu coração despedaça, pra mim fim tem que ter cara de fim, com lágrimas, desespero e um quilo de xingamentos. E começo tem que ter gosto de começo, com sorrisos cheios de alegria e olhares de esperança.

Na minha vida eu sempre deixei as coisas me levarem, e dei asa a muitos sentimentos errados, juro que sofri mais que o suficiente e que o merecido por mais da metade deles. Tudo porque meus exageros não descansam, e minha fé nunca morre.

 Eu sou uma mulher que como criança continua acreditando na mudança das pessoas, que continua perdoando incansavelmente, e quem me olha imagina que sou louca ou burra de perdoar tanto, mas pra mim a verdade é que sou uma eterna apaixonada.  

Sei que não sou fácil, que quando quero bato o pé, faço birra, viro o mundo, eu sei que em mim há uma rebelde incurável, uma reclamona de marca maior, uma pessimista vez por outra, há tantos defeitos que me habitam.


Mas eu sei que se você ficar um pouco e observar com carinho vai perceber, que em mim a alguém disposto a batalhar do seu lado sempre, que aqui dentro há alguém que não desiste nunca, que está sempre pronto a mudar, a tentar mais uma vez, aqui dentro há uma menina obcecada pelas palavras, pelas pessoas, aqui dentro eu sou cheia de amor e rezo pra que fé não me falte nunca.

Sou alguém que um bom desafio desperta, que um doce sorriso me atrai, que boas palavras me encantam e que uma grande verdade me conquista.

Há tantas coisas que gostaria de fazer diferente, há tantas pessoas que eu queria nunca ter magoado e tantas outras que eu gostaria de não ter permitido que me magoassem tanto. Ainda tem tanta coisa que eu gostaria de fazer, ainda tenho tantos e tantos sonhos pra realizar, ainda tem muita coisa pela frente, e eu atrevida como sou estou sempre esperado o próximo capitulo, e não paro nunca.

Porque tem uma hora que a gente cansa de tentar dar ordem pra aquilo que nasceu pra ser desorganizado, e o coração nasceu assim e vai morrer assim, e você só tem de aceitar. O que tiver que acontecer vai acontecer na hora que tem de acontecer e não na hora que você se sentir preparado. Sendo assim só nos resta deixar rolar, deixa rolar. 




7 comentários:

Poeta del Cielo disse...

O que tiver que acontecer vai acontecer na hora que tem de acontecer e não na hora que você se sentir preparado. Sendo assim só nos resta deixar rolar, deixa rolar.

grande verdade... e aqui a escencia de seus letras bello todo..

saludos
abracos
otima semana

Priscila Rôde disse...

Tantas águas ainda vão rolar... Graças a Deus! rs


Um beijo!

RaH disse...

Adorei, menina!
Também sou como você, intensa em tudo que sinto.
e também gosto de acreditar na mudança das pessoas.
E isso me faz me machucar muito as vezes.
Porque quando se espera algo de alguém, sempre corremos este risco.
Algumas pessoas simplesmente não querem mudar.
Também já sofri muito por estas coisas...
Mas a gente vai caindo e levantando sempre, cada vez mais forte, apesar das feridas.

BeijO, flor!

Karine Melo disse...

'Sou alguém que um bom desafio desperta, que um doce sorriso me atrai, que boas palavras me encantam e que uma grande verdade me conquista.'

Eu também, eu também!!

Adorei teu texto.. me identifiquei demais!

um beijo :*

Gabriela Castro disse...

Adorei o post. É tão difícil falar de si mesma e você fez isso com uma exata perfeição. Parabéns!!
beijos

Babih Xavier disse...

Aah estou assim tbm
o que tiver de ser vai acontecer independente da minha vontade \o

BAÚ do EDU disse...

Olá, Thaisa...
Navegando pela internet, achei este seu espaço...
Olha, muito bom o seu blog, suas idéias, sensibilidade e seu bom gosto...
Parabéns pelo trabalho! Estou te seguindo.
Saudações,
EDU (http://edurjedu.blogspot.com)