segunda-feira, 21 de março de 2011






Acredite, só dá pra ser feliz de verdade quando a gente para de se importar com os outros. Já ouviu aquela frase: "Só dê ouvidos a quem te ama. Outras opiniões, se não fundamentadas no amor, podem representar perigo.” Infelizmente por trás de belos sorrisos há conselhos destrutivos. Tem gente que realmente não se importa, tem gente que realmente prefere te ver chorando.

Só o amor é capaz de renegar os próprios desejos em benefício do outro. Só o amor nos move a fazer o bem. E nada mais que não seja amor, vale à pena. Em todos os sonhos, em todas as nossas certezas e em cada realização, a gente coloca o amor pra circular.

Tem uma hora na vida que a gente tem que parar de pensar o que estão esperando da gente, e viver por aquilo que a gente acredita que é o melhor, e torcer com todas as nossas forças pra que seja o caminho certo. Sem medo, sem magoas, vá em frente, segue esse seu coração, porque não tem fórmula certa, o que temos é uma vontade louca de sermos felizes em tudo aquilo que amamos e em tudo aquilo que acreditamos. 

5 comentários:

нєllєи Cαяoliиє disse...

Lindo e verídico Querida!
O importante é o que sentimos e acreditamos,quanto aos outros são os outros!
Beijos e um ótimo Dia Querida.

LUZIA disse...

Lindo texto!

Devemos escutar somente aqueles que nos amam e amamos. Não dar valor a conversas e críticas destrutivas.

Beijoo

João Ludugero disse...

Adorei seu Blog.Maravilha!!!
Deu até vontade de ficar aqui, já estou te seguindo.
Passa lá no meu, se gostar, me adiciona. Sucesso, alegrias e muita felicidade em sua longa vida.
Hiper abraço.
João.

O que Cintila em Mim disse...

Amor sem correspondência causa depressão.

Will disse...

Oi Thaísa,
Importante consideração você fez, verdadeira. É como o velho Paulo já dizia:
"O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade."
(1 Cor. 13. 4/6)
Bjs