quinta-feira, 17 de maio de 2012

Recuso, bato o pé e digo não.








Eu me recuso, bato o pé e digo dez vezes: Não! Desculpa mas eu não consigo entrar na onda desse mundo, pra mim o bonito ainda continua dentro e o que me conquista  é uma verdade bem contada. Digam o que quiserem mas pra mim vale mais um ato de carinho e atenção que salve meu dia, do que um rostinho bonito para gabar-se pra aqueles que andam perdidos nessa conversa fútil que dominou o mundo. 

Dói dizer isso mas tem gente que não se importa de passar por cima de nada para conseguir o que deseja, tem gente que confundiu ser com ter e vive por aí achando que é feliz sem nada por dentro. O mais triste nesse cenário é vermos a plateia que essas pessoas ganham e me pergunto que mundo é esse onde o que se valoriza   é o egoísmo, a ganância e o poder. 

Sou cheia de defeitos, tenho meus momentos depressivos que ninguém aguenta, mudo de humor com uma facilidade irritante, sou extrema, sou confusa, mas não me esqueço das qualidades raras que sei que tenho e embora quase ninguém perceba eu tenho esse lado todo ingênuo de acreditar na vida.

Pode doer, mas eu vou continuar me recusando a dar ibope pra mediocridade, para pessoas de caráter duvidável e pobres de espírito. Que eu tenha força suficiente pra me manter firme, coragem pra continuar acreditando, confiança pra não duvidar do meu valor e amor o bastante pra torna todo o processo mais simples e bonito.  

8 comentários:

Tânia T. disse...

Adoro ler suas palavras.. tava sumida né? ou era eu? rsrs'

Tem toda razãoo.. uma atitude boa vale muito mais que um rostinho bonitooo!!! *--*

Ótimas palavras.. assino em baixo.

BJãoo =*

Kamila Behling disse...

Linda e inteligente tua escrita.
Já estou seguindo aqui e voltarei mais vezes!

Beijos doces e, fiques com DEUS.

Gabriela Castro disse...

E que assim seja. Sempre.

Clarinha disse...

Quem dera que mais pessoas pensassem dessa forma.. muito bom seu texto, ótimo pra refletir.

Bjs
http://www.maviealeatoire.blogspot.com.br/

Dri Andrade disse...

Concordo e tbm bato o pé e o que mais for preciso..

Linda cheguei aqui através de uma amiga, gostei, vc é como eu, fala o que pensa.

Estou seguindo

beijos

Flor Baez disse...

Uma vez eu li que a loucura é se ajustar numa sociedade doente.
Seguir o coração e abandonar tudo que não faz crescer é o primeiro passo para a felicidade, para a bem aventurança!

Beijos

Paranoiasnfm disse...

Concordo com tudo o que foi dito.
A sociedade prefere o exterior... mas a verdade, é que o interior é o mais importante.
:)

Bjs

Rui Pascoal disse...

E faz muito bem!
:)